slot jili demo -Nos últimas duas décadas a produção de grãos foi amplamente domin

Bioinsumos na agricuslot jili demo -ltura- um novo paradigma ou autonomia ?

Nos últimas duas décadas a produção de grãos foi amplamente dominada pelas empresas proprietárias das sementes,slot jili demo - dos fertilizantes e dos agrotóxicos. O crescimento do cultivo de milho e soja foi acompanhado pela dependência de, pelo menos, uma destas empresas que ao final se apropriam de parte significativa da renda dos agricultores, seja ele pequeno, médio ou grande.

Continua após publicidade

A prática da agricultura produtora de grãos está tão conectada às empresas que até mesmo os agricultores não se veem fora dela. Totalmente envolvidos nessa relação de dependência, desde o preparo do solo as sementes e os fertilizantes já estão previamente "receitados" por técnicos e agrônomos que foram treinados, na maioria das vezes, como bons vendedores de produtos. Esse modelo de agricultura, agora então parte do chamado “agronegócio”, transformou a relação social do/a agricultor/a em apenas um local onde se segue uma receita de aplicação de insumos, onde as empresas já sabem previamente a taxa de lucro que terá nessa relação. Isso tudo, independente das consequências ao bioma do solo e da natureza como um todo.

Atualmente há um movimento de transformação da agricultura brasileira em curso. É a transformação biológica. Poderíamos até chamar de uma nova revolução na agricultura brasileira. 

Esse movimento ocorre devido à confluência de vários fatores, a saber: a) a grave crise ambiental com as consequências do efeito estufa ficando cada vez mais frequentes e a pressão internacional para as adequações ambientais em todas as áreas; b) a exigência crescente do mercado consumidor por alimentos saudáveis e livre de agrotóxicos; c) a evolução da ciência oficial agora comprovando e aceitando os ensinamentos da saudosa Dra. Ana Maria Primavesi e as pautas do movimento agroecológico; e) a falência ambiental e agronômica do pacote da revolução verde, com o agravamento de pragas e doenças e a degradação biológica dos solos; f) o surgimento de novas tecnologias biológicas de posse direta dos agricultores. 

É neste contexto que todas as grandes transacionais do ramo dos agroquímicos já disponibilizam em sua lista de produtos, insumos biológicos e já estão reorientando a sua linha de produção para esse novo mercado que está crescendo a passos largos no Brasil. Aqui está a grande mudança que já ocorre e que deverá ser acelerada nos próximos anos.

É nesse cenário que se proliferam discussões sobre aquilo que aqui vamos denominar "insumos biológicos". Esse assunto é bastante complexo mas é de amplo conhecimento que as plantas se tornam produtivas e sadias na medida que o ambiente (solo, água, sol e ar) onde elas estiverem inserida esteja sadio.

:: A produção de energia renovável precisa ser justa, limpa e solidária para todos ::

Se tivermos um solo diverso biologicamente (bactérias, fungos, nematoides, protozoários, micro artrópodes, dentre outros) o processo de solubilização dos nutrientes presentes no solo - até então indisponíveis - torna-se disponível. Sendo assim, as plantas passam a absorver conforme a sua necessidade e se tornam produtivas, capazes de produzir alimentos de forma abundante para a humanidade de forma saudável. 

Então, são os micro-organismos os atores principais da relação solo–planta que há milhares de anos mantiveram e ainda mantém a agricultura ativa, apesar de toda a agressão com fungicidas, inseticidas, herbicidas e adubos solúveis, muitas vezes à base de cloro que esteriliza o solo e compromete a sua saúde.

A pesquisa científica evoluiu muito nos últimos anos e percebeu que o solo é rico em vida. Sugere-se que em um grama de solo temos mais micro-organismos que habitantes no planeta Terra. 

Geralmente esses micro-organismos (bactérias, fungos e outros) de presença e multiplicação livres na natureza podem ser coletados, isolados, multiplicados e devolvidos ao solo, potencializando a atividade biológica. 

Visitantes, por favor deixem um comentário::

© 2024.cc777sitemap